quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

:: Pernilongos


Pernilongos se fingem de mortos, vocês sabiam?

Ou ressussitam, o que é mais preocupante ainda.

A gente dá uma piabada neles, PAF!, e eles caem fazendo parafusos no ar. Tá lá um corpo estendido no chão, certo? Certo. Mas cadê o corpo dali a uns 20 minutos? Ninguém sabe ninguém viu. O bicho sumiu, e provavelmente está mordendo a careca do seu nenê no exato instante em que você examina o chão e pensa, ué? mas ele caiu bem aqui!, e procura em vão por formigas ou rajadas de vento pra justificar o sumiço.

Eis uma lição que eu pretendo levar comigo até o fim dos meus dias: pernilongo bom é pernilongo MORTO - e pernilongo morto é pernilongo EXPLODIDO com raquetes elétricas ou ESPATIFADO contra a parede, de preferência deixando um rastro de sangue e destroços atrás de si.

Fica a dica.

(Ah, e a PÉSSIMA notícia é que baratas têm o mesmo poder regenerador... se a gente não estraçalhar, ela acorda e segue zanzando por aí. Urgh. Vos deixo com uma dúvida teológica: que Deus é esse que autoriza a existência de baratas nesse mundo?)


25 comentários:

  1. eu também odeeeeeio pernilongos!!!!
    mato eles a chinelada e enquanto nao vejo sangue não me dou por satisfeita.
    hunf.

    ResponderExcluir
  2. ecat. odeio baratas. e pernilongos. mas principalmente as baratas. elas são horríveis, nojentas, desprezíveis e fazem aquele som terrível quando tomam uma chinelada sabe? tipo de algo quebrando... é um nojo só.
    o verão é bom mas traz consigo esses insetos, né?
    beijo-beijo!

    ResponderExcluir
  3. O pior é que é bem verdade, esses bichos parece terem 17 (e não 7) vidas!
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  4. Bem verdade isso mesmo....

    Estou a beira da loucura por aki, chega essa época do ano é fogo, os pernilongos só faltam carregar agente pela janela.......

    affffffffff

    ResponderExcluir
  5. Ahahaha, já quebrei um teto de gesso na minha sanha por muriçocas (como chamamos pernilongos na Bahia) mortas e espatifadas. Adoro matar e ver o rastro de sangue, me sinto assim uma super-heroína. E que venha o verão!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. hahahahahahahaha
    repelente neles!!! (quer dizer, na gente e nos babys)

    Só pra você saber, recebi um selinho em que tinha que indicar um blog viciante, e escolhi o seu! :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Pois enquanto eu lia sobre o fingimento dos pernilongos, já estava pensando é nas baratas. Que horror, meu deus, como é que esse ser existe e ainda tem o poder de ressuscitar?

    Mas, não tenho do que reclamar agora. Saí da Australia que é um antro de baratas, pernilongos, mosquitos, aranhas e tudo mais de ruim (the horror! the horror!) e vim parar no paraíso chamado Canada, onde se encontra zero desses bichos do submundo. Zero.

    Daí minha conclusão: felicidade e sossego absoluto só são possíveis acima da latitude 45. Fica a minha dica.

    Beijos!

    Lu

    ResponderExcluir
  8. mon dieu... se eu soubesse que acabaríamos em baratas... tinha ficado na imagem dos pernilongos fritos na raquete.
    tenho um pânico tão homérico das cucaratchas que tenho medo que Joaquino seja um menino medrosão, de me ver subir em cadeiras e chorar. Realmente, deus deveria repensar essa questão.
    Agora... cá entre nós... não haveria outro elemento no recinto fazendo o recolhimento dos corpos pernilogais? Tipo um cão? Ou a curiosa filhota mais velha?? iirrhggg - fica de olho nela!!!
    bjo

    ResponderExcluir
  9. Os mosquitos vão direto nos meus bebês! E concordo contigo: mosquito bom é mosquito morto!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Pernilongo aqui em casa so conhece a pequena... Ninguém aqui de casa recebe picada a Mariana é alvo de todos eles...e pior que tem uns tão pequenininhos que passam pelo mosquiteiro... que horros tbm as baratas... tenho medo da mariana ser medrosa que nem eu;..tbm subo em cima de uma cadeira e choro..hihihihihihihih

    ResponderExcluir
  11. Muita coisa pra comentar.
    1- se um dia vc quiser, te provo por A + B que esse tipo de criatura veio é do fundo do inferno e Deus quer mais é acabar com eles.
    2- concordo com a parte do bicho morto deixando um rastro. Dá até um certo prazer mórbido. Mas meu sonho mesmo é pegar um e fazer zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz até ele morrer de saco cheio do barulho.
    3- aqui no Canadá nao tem barata. Toda vez que minha mae me pede pra voltar eu lembro ela de que aqui nao tem barata e ela fica é doida pra vir pra cá.
    Vem vcs tb!!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Mariana,

    Tenho uma triste noticica para te dar...as raquetes elétricas só dão uma "anestesiada" nesses seres diabólicos, outro dia eu meu marido tiramos a prova, recolhemos o que pensávamos ser os restos mortais dos pernilongos e não é que depois de um tempinho ele começaram a se mexer QUE ÓDIO, meu marido se sentia o próprio "Roger Federer" com a tal raquete ...para nada!


    Bjs adoro seu blog e espero a sua visita no meu

    Dani

    http://www.temdoce.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. hahaahhaha
    não sabia essa do pernilongo!!!
    bizarro ele!!
    nossa, barata deve ter umas 30 vidas!
    eu mato, estraçalho e a bichinha sai toda capenga!!

    urgh!! nojooo!!!

    ótimo post!!

    ResponderExcluir
  14. ahahhahaha
    hoje me foi respondido o mistério do universo...
    até então achava que os pernilongos tinham um super poder de desintegração instantânea.
    bjo

    ResponderExcluir
  15. Nossa...pra que insetos nesse mundo, me diz? kkkk

    Adoro uma raquete também. :)

    ResponderExcluir
  16. Exatamente isso!
    Detesto esses insetos, o q resolveu um pouco la em casa foi aquele bregueço que fica expelindo veneno a cada 30 min... melhorou mto!

    ResponderExcluir
  17. Aqui emm casa eles têm super poderes: nunca os vejo, mas estão lá e atacam os meus filhos à noite, são dá espécie mosquitus invisibiliis, a pior raça que tem!
    Por isso, todo mundo dorme de repelente!!
    Bjos,
    Camila
    http://mamaetaocupada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Tô com tigo e não abro mão!!! Eita insetos nojentos e irritantes!!! Muito divertido o post.

    ResponderExcluir
  19. hahaha, eu sempre brinco quando vou a algum lugar?
    - já detetizaram tudo para eu chegar????Sabes que odeio os insetos, por mim só as borboletas e joaninhas, por favor!
    Beijocas e vamos lá que tá recem iniciando o verão.....e eles vem com tudo agora!

    ResponderExcluir
  20. Concordo plenamente Mari. Antes de terminar seu post já pensei nas baratas. Inacreditável como essas criaturas voltam dos mortos! Eu só acreditam que faleceram depois de literalmente afogá-las no inceticida ou ver as tripas efetivamente para fora do corpo.

    ResponderExcluir
  21. o pior é acordar no outro dia e ver a barata ali ainda, toda estraçalhada, ou a mancha de sangue deichada pelo pernilongo na parede branquinha que recém foi pintada!!!

    rsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  22. Pernilongo é MUITO chato!!!
    Porque esses insetos chatos e incovenientes não entram em extinção hein?

    Odeio, tenho alergia e minha perna tem feridas eternas.
    Sorte que a Lara não tem alergia, ou pelo menos não parece ter.

    ResponderExcluir
  23. para mim é inevitável chegar a questionamentos teológicos quando o assunto é insetos, pois confesso que odeio alguns deles, mas bate uma culpa por esmigalhar os coitadinhos!
    porque se eu fosse uma barata clamaria aos céus por autorizarem a existência dos humanos, com suas havianas e inseticidas!
    afinal, por que odeio tanto um bichinho que só está lá na nojeira indecente dele, sendo ele mesmo? fico pensando nisso porque não gostaria que a iris crescesse uma pequena exterminadora...
    enquanto não resolvo deixar de livrar minha casa dos visitantes indesejáveis, sigo adotando a mesma (conveniente) explicação do motivo de ser carnívora (chupinhada de um amigo): se fosse o bicho no meu lugar, ele me mataria. não explica nem resolve nada, mas me coloca no devido lugar de predadora natural das espécies...
    bjs

    ResponderExcluir
  24. Dani Villas Bôas31 de maio de 2011 21:30

    Mari,
    olha só que ironia do destino, você vir morar justamente na pernilongolândia... Junte às nossas as suas raquetes elétricas e vamos à caça, pelo bem dos nossos babies!
    Beijos,
    Dani (mãe da Sophia e do Henrique, vulgo sua futura vizinha)

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails