quinta-feira, 29 de setembro de 2011

:: Home office, dia 1


Daí que eu não vou ficar rica com o blog mesmo, então fui à luta (fui nada, mas eu tenho amigos que lembram de mim quando surge alguma coisa, yay!). Agora tenho um emprego até o Natal - fingindinho de jornalista, de novo.

Missão 1, entrar em contato com assessorias de imprensa - justo na semana em que eu resolvi me indispor com todas as assessorias de imprensa do mundo, notem. Inclusive, estou contatando os mesmos assessores que já me encheram tanto os pacovás por causa do blog... bad timing define?

Saldo do dia:

- mil planos delirantes para o dinheiro que vai entrar na minha conta no fim do mês

- 7 ligações interurbanas

- meia barra de chocolate

- meio pacote de bolachas maisena (mergulhadinhas em cappuccino, comme il faut!)

- zero cafungadas no pescoço do Lucas

- uma fugidinha pra levar Alice na escolinha de esportes (com direito a segurar lagriminhas, porque foi o primeiro dia e ela estava tão encantadora de uniforme!)

- expediente encurtado e pouco produtivo

- início de pânico

- sérias dúvidas quanto à validade de se trabalhar em home office


Tá fácil não, gente. Prevejo um recessozinho desse blog e da vida internética em geral. Ou não. Sei lá. Só sei que nada sei.

Bah, já volto.

24 comentários:

  1. e daí que a gente acaba se provando que consegue fazer e desfazer um zihão de coisas ao mesmo tempo.
    que consegue amar e odiar ao mesmo tempo, e com a mesma intensidade.
    que consegue querer e desquerer, assim, numa facilidade absoluta.
    que sabe bem se culpar e desculpar como se fosse semi-deusas.
    e acha uma delícia essa loucura toda da maternidade "moderna".
    força ai, e luta! companheira!


    bjo bjo bjo

    ps: escolinha de esportes??? óóóóóó... deve ter ficado mesmo uma fofura. e depois dê muitos beijinhos nas canelinhas, tá??? criança loura e branca, bacomé, né?

    ResponderExcluir
  2. Ah, Mari, dá a mão então! Meu sonho era trabalhar em casa para ficar de olho nas crianças, fugir do trânsito, bla bla bla. Até mudei de carreira por causa disso! Tudo lindo na teoria, mas na prática as coisas têm saído meia boca...
    Ainda tô procurando a fórmula mágica.

    Bjo
    Pri

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Mari, estou em home office, desde que a pequena completou um mês. Só vou voltar a trabalhar na rua, depois do desmame.

    Tenho a minha sócia, que por enquanto toca as coisas na rua, enquanto eu toco o resto por aqui, fora a empregada. Isso dá uma grande ajuda!

    Mas mesmo assim as vezes a barra pesa e acho que não vou dar conta do trampo + cuidados com a pequena!

    Ai vem um outro dia menos conturbado, com mais momentos de sorrisos entre mãe e filha e vc. percebe que é puxado, mas vale a pena!

    Boa sorte, nessa nova fase!Vc. vai tirar de letra!

    Bjs. nos 3!
    Lu e Ana Clara

    ResponderExcluir
  5. Menina, eu tô pra começar meu home office, hoje é meu último dia na empresa cumprindo horário e tals (todas comemora!), e já me vi fazendo a mesma coisa que vc, hahahha!!
    Boa sorte pra gente!
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Deve ser difícil mesmo... sempre admirei muito quem consegue trabalhar em casa, pq eu mal consigo blogar!rsrs

    Mas, força que tudo vai se ajeitando!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Puxa logo agora que descobrir esse blog maravilhoso...

    ResponderExcluir
  8. Meu sonho é conseguir trabalhar em casa. Quero muito curtir minha filhota de pertinho. É complicado administrar tudo isso, mas vale a pena ficar com ela juntinho!! *-*

    ResponderExcluir
  9. É a minha primeira visitinha no seu blog e já xonei rsrs..., sou mt parecida com vc no aspéctos de ser ex-futura várias coisas rsrsrs e ser radialista, produtora e não estar fazendo nada na verdade rsrsrs....

    Beijos estou te seguindoo

    ResponderExcluir
  10. Sei beeem como é! Trabalho fds e à noite, o tempo que dá!
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  11. Não é à toa que, mesmo passando boa parte do dia "na frente do computador" (mentirannn, deixo o laptop ligado o dia inteiro e sento e levanto 500 mil vezes), minhas horas mais produtivas são as da noite, quando as criança (sic) já tão dormindo. Quem sobra é o marido, coitado, mas ele me ajuda bastante, revisa meus textos e tal.
    Mas dizer que é lindo e fácil não é meeeeshmo.
    Mesmo assim eu tô curtindo, principalmente quando cai o dinheiro (que agora não é mais no fim do mês, não tem data certa, depende do job, pode ser a qualquer dia), hehe.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. home office por aqui desde que Enzo nasceu. não é nada fácil mesmo. na teoria, lindo. na prática, mãe descabelada que não sabe se atendo o filho ou o telefone. e não rende muito mesmo. a gente tem que se programar sabendo que vai poder fazer poucas coisas por dia...

    mas, olha, ainda que não seja perfeito, pra mim é o melhor arranjo possível.

    e rende boas risadas, depois que o perrengue passa: http://maederna.wordpress.com/2011/08/18/working-mom/

    suerte!

    ResponderExcluir
  13. sempre penso nisso quando imagino iniciar uma negociação para ficar mais tempo trabalhando de casa. eu enrolaria como se não houvesse amanhã! tudo é prioridade em casa!

    beijoca,

    mari
    viciadosemcolo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. home office mommy aqui tb!
    sem ajuda dos vovôs babás eu jamais conseguiria...

    boa sorte!

    ResponderExcluir
  15. Mari,

    Qdo. acho que vou pirar, com tanta coisa para fazer, paro tudo, coloco a pequena no colo (como agora) e venho ler os blogs dasamiga, para relaxar e ver que sou só mais uma.

    Faço isso umas 2 vezes por dia!

    E ainda tenho que achar um tempo, pras fotos da Ana Clara no face, se não a família reclama!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Mari, imagino como deve ser difícil (e bom!) fazer Home Office. Força aí!
    Fiquei super feliz que vc gostou da idéia dos "cookies in a jar" (acho até q vou fazer um post sobre eles) e vou cobrar minha mandala de jornal rs! Muita emoção! O seu comment lá no blog foi o mais engraçado da história rsrs!
    Bjos, Lê
    www.cegonhatrends.com

    ResponderExcluir
  17. Mari, adorei conhecer vc e as crias pessoalmente!
    A Ju tirou uma foto linda de Alice e Francisco (o meu!) no meu colo, juntos, lindos... ela prometeu mandar pra gente. Beijo grande! Luíza

    ResponderExcluir
  18. Por aqui a parte mais produtiva é mesmo a noite... durante o dia inevitavelmente sempre tem algo para dar uma distraída. Mas como estou aprendendo a me organizar o saldo é positivo!(as vezes não dá mesmo viu!)
    Vai dar certo Mari!!!! e é uma delícia trabalhar e de vez em quando parar tudo pra apertar os filhotes!!!! bjinhossss

    ResponderExcluir
  19. Gosto demais desse blog e agora montei uma pra mim...tbém vou falar sobre mãe,filos,e afins.bjs...jah estou seguindo faz tempooooooooo rs...

    ResponderExcluir
  20. Já pensei mil vezes, mas confesso que tenho um medo tremendo de trabalhar em casa. Tem que ter foco, dizem por aí. Eu até tenho, mas às vezes ele mira pro conteúdo da geladeira, pra aquele programa imperdível que tá passando na TV, pra ligar pra uma amiga pq aquela é a melhor hora... E daí já tá na hora de pegar o Theo na escolinha!
    Boa sorte aé e manda um beijão pra todos os assessores de imprensa - um especial pra aquele que te chamam de Mari ou de Má já no primeiro contato ;)

    ResponderExcluir
  21. gata, eu tô com a Paloma, sento e levanto mil vezes e rendo muito mais à noite, quando a casa está tranquila a baby dormindo.
    boa sorte!
    beijo!

    ResponderExcluir
  22. Eu já trabalhei nesse modelo de Home Office, não é nada fácil. A gente precisa ser bem regrada...

    Boa sorte!!

    Beijoss

    *PS. Tenta não sumir, ok???

    ;)

    Karin
    www.mamaeecia.com.br

    ResponderExcluir
  23. Ahhh que sacanagem!! Tomara que a situação melhore com o tempo! e que os jornalistas não te levem a mal rsrsrs

    beijos

    Pati

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails