quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

:: A maternidade é um monstrinho bigodudo


(E por baixo do bigode ele ostenta um sorrisinho sarcástico, dizem)

Não bastasse a febre chata, esta criança ainda me pisa num caquinho de vidro. Mas assim, um caquinho mínimo. Minúsculo. Um nada, uma poerinha cósmica, aquilo que sobra no chão depois de varrer, varrer de novo, passar pano úmido e dar mais uma varridinha por via das dúvidas.

Mas o caquinho rende, claro. Uma chance de rolar pela cama miando como um gato gravemente ferido nunca é desperdiçada nesta casa, nunquinha. Meus filhos são danados.

Então lá vou para uma rotina bem conhecida: pegar uma pinça e ficar uns 75 minutos tentando convencer a cria de que é só uma puxadinha rápida. Que vai ser pior se o caquinho ficar no pé pra sempre. Que não posso prometer que não vai doer, mas prometo que quando ela sentir a dor - se é que vai sentir - tudo já vai ter acabado.

(Reparem: eu estava ar-gu-men-tan-do com uma criança de 6 anos. Parece até que a pessoa virou mãe ontem, né?, que ainda não percebeu que poucos coisas são tão ineficientes quanto argumentar com um filho - e isso vale até uns 19 anos, parece...).

Quando cansei de argumentar em vão, fiz como manda a pedagogia infantil mais básica: apelei para O LÚDICO, esse fofo, essa entidade mágica, esse ser misterioso citado por 10 entre 10 escolas infantis. Diz que faz milagre, o lúdico. Bora  invocar o lúdico nessa questão do caco no pé da minha filhoca, vai que cola?

- Alice, tirar esse caquinho é fácil, é tipo tirar pelinho com a pinça. Você já não viu a mamãe puxando uns pelinhos? Eu faço cara de dor? Então, não dói! (menti, me deixa.) Ó, vamos fazer assim: te dou essa outra pinça, aí eu tiro o caquinho e você tira um pelinho meu, pode ser?

- Tá! Vou tirar aqui do bigode, tá? 

(Pronto, aí está. Trocamos um caquinho de vidro pela porra de um BIGODE da minha própria face, a maternidade é um ato de despendimento da própria dignidade ou o quê?)

- Tá. Então vamos? Eu tiro e você tira?

- Vamos! Mas espera que eu acho que eu vou demorar mais, tá?, que tem UM MONTE aqui. 

E graças ao lúdico, voilà: eu tirei o caquinho do pé dela em um décimo de segundo, ela está tirando meus bigodes até agora.

Fim.

*na foto: o Lorax, minha entidade mágica favorita depois do Lúdico! 

30 comentários:

  1. Hahaha! Maldito lúdico, maldito bigode! Saudades do teus textos, Mari! Beijo

    ResponderExcluir
  2. Delícia de texto! Volta e escrever, Mari! Bjos

    ResponderExcluir
  3. Dá até uma emoção ver que tem texto novo aqui! rs Que saudades!!

    E...bom...pelo menos do bigode dói menos que da sobrancelha! hahahaha

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bigode dói mais no orgulho, Gabi… ;)
      beijo!

      Excluir
  4. Sua danada! Amo seus recortes da vida materno-madura.
    Acho que essa deve ser a segunda ou terceira vez que deixo um comentário nesse blog - vc sabe, sou nova nessas coisas - mas estou com o coro: porra, Mari, volta a escrever!

    Bjo bjo

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkkk
    Adorei a troca!
    Pense pelo lado positivo... se o serviço da Alice foi bem feito você fez uma economia em depilação.
    Beijos! Que bom que vc voltou!!! Adoro seus textos!

    Aline

    ResponderExcluir
  6. hahahahah Ninguem merece mesmo!!!

    beijo pras 2!

    ResponderExcluir
  7. ahahah. dignidade não rima com maternidade ;)
    ri litros.
    e tamo junta no bigode.

    bjos

    ResponderExcluir
  8. Desculpa, é feio rir dos outros né, mas HAHAHAHAHAHA! ri quilos aqui, ótimo post.

    e ela poderia ter escolhido a sobrancelha, doi mais (e tem mais chance de ficar torto)

    ResponderExcluir
  9. rindo às lágrimas. ainda. continuo.

    ResponderExcluir
  10. Saudade daqui... Bom, Alice faz parte do tipo de criança que nao tem medo de ser sincera, nem de magoar, ou seja, TODAS. A minha criança tb jogou minha dignidade ladeira abaixo dentro do onibus lotado qdo gritou a alguns bancos de distância: Mãe! vc tem bigode! #Tamujuntomoustachepride

    ResponderExcluir
  11. Esperamos 4 meses para um post tão pequeno? Escreva mais! Agora que sou mãe me identifico muito com essas histórias! :)

    ResponderExcluir
  12. hahahahaha
    Ah, o lúdico, sempre sacaneando a gente !
    Que emoção ver texto novo nesse blog, que foi o primeiro de muitos que conheci. Bjoca !

    ResponderExcluir
  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Saudades, saudades, saudades de vcs! E viva esse bigode lúdico aí! Beijos! Nine

    ResponderExcluir
  15. Muito bom! kkkkkk pode rir de você? amei! Cheguei aqui por acaso e já salvei nos meus favoritos. E engrosso o coro: Escreva mais, por favor!

    ResponderExcluir
  16. ola, que tal expressar todo o amor pelo seu bebê através de uma linda canção produzida exclusivamente pra ele ?

    acesse nosso site
    www.studiopersonalmusic.com

    visite as categorias recem Nascido ,homenagens,aniversarioe ouça as amostras.

    www.studiopersonalmusic.com

    quem vc ama merece um presente que Toque.

    ResponderExcluir
  17. Meu Deus to rindo alto com esse post...adorei o blog!

    Fique a vontade para conhecer o meu quando quiser..

    www.desabafodemamae.blogspot.com.br

    bjo

    ResponderExcluir
  18. E eu nem mãe sou e acompanho o blog desde sempre. Enquanto isso, me divirto e me preparo pra quando a minha hora chegar :P

    ResponderExcluir
  19. E eu nem mãe sou e acompanho o blog desde sempre. Enquanto isso, me divirto e me preparo pra quando a minha hora chegar :P

    ResponderExcluir
  20. Oii mamães preciso muito da ajuda de vcs pois estou em uma pesquisa com a Johnsons Baby para saber o que vcs mais valorizam no shampoo para suas crianças. é só responder o questionario abaixo, nao leva nem 2 minutos! a opiniao de vcs é mto importante..obrigada
    http://www.survio.com/survey/d/E9X6C5L6E8C5X0Y8B

    ResponderExcluir
  21. Que legaL ! Ri muito com esse post e de forma, me identifiquei bastante. Parabéns pelo blog. Farei visitas frequentes. Tenho um blog também, se quiser, passa lá! Bjus
    http://maetaforicamente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Mari (olha a intimidade não dada!),
    Adoro o seu blog! Passo sempre pra ler, e olha que nem sou mãe, mas já me identifico tanto, tanto... que é uma coisa louca mesmo. Escreve mais! Beijocas

    ResponderExcluir
  23. RI muito com a sua técnica e seu post! kkkkkk
    Adorei a ideia, realmente tem que ter muita imaginação para lidar com a criança nesses casos, heim! kkkk

    Beijos, Lyra do blog Esperando a Alice: http://cosmeticoslyra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. hahahahahaa, morri de rir... essas crianças não estão fáceis!

    ResponderExcluir
  25. Eu sai do MMQD rindo e vim rir aqui kkkkkkkkkkk... tô precisando rir muito... te achei foi ótimo!!!! rssssss
    O negocio do caquinho é isso mesmo.. desde a hora da varredura no chão kkkkk até a hora do convencimento... mas essa de puxar bigode não pensei não.. vou deixar pra você, Mãe Corajosa! ahaha

    Mudando de assunto e completando o comentário... meu curriculo é tem duas coisas parecidas com o seu: radialista (14 anos na carteira) e agora a profissão pra vida inteira mãe.... Degustadora de café com meu marido e algum amigo quando sobra na rua e em casa... Cismo de ser cantora também... e acho até que sou afinadinha... só não tenho garganta profunda igual Ana Carolina..mas quem sabe um dia..

    Pronto.. mais ou menos isso...adorei estar aqui , rir um pouco e ver as coincidências... Smacks!!!!

    ResponderExcluir
  26. ADOREI a tática! Anotada!
    Beijos e saudades!

    ResponderExcluir
  27. hahah adorei a matéria, mas é bem por aí... ótimo o blog e seus posts!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails