quarta-feira, 22 de setembro de 2010

:: Dossiê "Salvem as mamas das mammas", parte 3 - O peito inchado


Apojadura. O nome é horroroso, mas causa é nobre.

Apojadura é a famosa "descida do leite". É aquele dia mágico que acontece uns dias depois do parto, em que você vai dormir Twiggy e acorda Sophia Loren.

Eu era assim...

...fiquei assim! (mas a cinturinha, quanta diferença...)


Parece bom, não? Mas como tudo tem seu preço, é bom mas é uma merda: desconfortável, e quente, e dói. Que fazer?

Vou listar tudo o que aprendi sobre o assunto, e vossos palpites são benvindos!


*A regra de ouro do peito amamentador é: quanto maior a demanda, maior a produção. Ou seja, quanto mais o bebê mamar (ou a mãe ordenhar), mais cheio ele fica, cedo ou tarde. Dê o peito com frequência e deixe o bebê determinar a produção, que se regulará em alguns dias. Cuidado com o uso de bombas, que aliviam na hora mas podem piorar a situação depois - a bomba faz seu corpo entender que precisa produzir mais do que precisa de fato.

*Cuidado também com banhos quentes - o calor estimula a produção. Nessa fase de peitos bombando é bom tomar banho morno pra frio.

*Quando o peito está muito cheio o bico fica esticado e duro, o que pode atrapalhar a pega do bebê. Tirar o excesso (ordenhando com as mãos) amacia a região e resolve o problema.

*Se o peito estiver encaroçado, uma massagem com movimentos circulares, de fora pra dentro, ajuda a liberar os dutos obstruídos.

*Alternar a posição das mamadas também ajuda, pois cada posição esvazia dutos diferentes, impedindo que o leite se acumule.

*Conchas de amamentação ajudam a drenar o excesso de leite - e também a formar o bico, no caso de mamilos chatos ou invertidos. Eu comecei usando a de base rígida mas ela me machucava justamente por "formar bico" num peito já bicudo o suficiente. Então eu prefiro as que têm base flexível, que apertam bem menos.

*Por fim: cuidado com abraços calorosos de amigos, que na melhor das intenções vêm dar os parabéns e amassam seus tão sensíveis peitos. E avise o marido: por mais tentadores e convidativos que eles pareçam, nada de fom-fom, porque DÓI. Aliás, a peitarola vira área proibida por um bom tempo, não? Mesmo quando a dor e o inchaço se resolvem, os peitos se concentram tanto na sua função láctea que basta OLHAR pra eles que o leite já esguicha. Recuperarão um dia sua função meramente recreativa? A ver, a ver.


(Nesse momento estamos falando daqueles primeiros dias, de peitos muito cheios e excesso de leite. Como agora estou vivendo a situação contrária - pouco leite e Lucas meio magrelinho - ainda vou fazer um post com dicas pra aumentar a produção e engordar bebês esbeltos. Aguardem.)

40 comentários:

  1. Ótimas dicas, estou guardando tudo na cachola e confesso que tô com um medinho das primeiras mamadas. ui. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post Mari!
    Pena que nem sempre funciona... Fiz tudo isso aí, e ainda tive uma mastite lá pelo segundo mês do Rapha...
    E quando eles pulam uma mamada então, é de ver estrelas. Doído que só.
    Não tive o problema de pouco leite, mas a melhor receita que conheço é beber muuuuita água. E colocar o Lucas pra mamar bastante pra ver se aumenta a produção.
    Beijos
    Ilana

    ResponderExcluir
  3. Mariana, esse post esta um fazendo jus ao nome. Adorei as dicas!

    Bjs,

    Tata

    ResponderExcluir
  4. Ola Mariana, sempre visito o seu blog, que eu adoro, mas nao sou de comentar, porém hoje vou deixar minha dica, ta? Moro no Canada e aqui me avisaram no hospital que colocar uma folha (na verdade meia folha, sem o talo do meio) de repolho sobre os seios dentro do sutia, ajuda a aliviar a dor nos primeiros dias da apojadura. Comigo funcionou. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Hahaha! Adorei! Sou nova na modalidade mãe-blogueira, e minha vontade de dividir a experiência da amamentação foi o que me fez começar a escrever, antes numa agenda, agora num blog! Não tem jeito, amamentar dói mesmo, dá trabalho e tem que querer muito! Mas quando engata é tão bom!

    ResponderExcluir
  6. Ah! Se eu soubesse dessas coisas quando meu leite desceu!!
    Estou ansiosa pelo próximo post, pois me encaixo na categoria "mãe de bebê magrela faminta"
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Mari,
    eu tinha leite pra doar e doar e doar... o pessoa l do banco de leite vinha todo feliz esvaziar meu freezer.
    kkkkk
    isaac nasceu pitico demais e não tinha for;a pra mamar tuuuuudo, entáo eu tinha que ordenar antes de amamentá-lo.
    e o leite jorrava, literalmente.

    ótemas dicas!

    valeu pela visita lá no viajando.
    bjo bjo

    ResponderExcluir
  8. Pra mim, de tudo o que vc falou, o que mais me assustou quando eu nao sabia de nada era o peito meio "empedrado", fiquei meio em panico achando que nao teria mais leite (logo descobri que era praticamente o contrario)

    E eu errava muito no banho porque sempre adooooreeei agua quente (sei que nao faz bem) e isto devia ajudar muito o leite a "Descer.

    Quando ao teu leite estar mais ralinho, comigo isto acontecia em alguns momentos, mas depois voltava com tudo!

    beijos e boa sorte

    Pati

    http://coisasdemae.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Oi MAri, voltei, fui la no meu blog e achei um post que se chamava "Meu leite sumiu". Ele não chega a ser didatico nem dar muitas explicaoes (acho que era mais um desabafo). Ele é de 26 de abril de 2009 , ou seja, a Luiza tinha 5 meses. O que nao ta escrito no post é que , sim, o leite ñao só voltou como eu ainda amamentei por vários meses... (até quase 1 ano)

    beijos

    Pati
    http://coisasdemae.wordpress.com/2009/04/26/meu-leite-sumiu/

    ResponderExcluir
  10. Perfeito o post!
    Mas ler tudo isso me deu uma saudaaaaade dessa fase, apesar dela ter sido MUITO DIFICIL pra mim, como estou sendo desmamada (Arthur está com 1 ano e 2 meses)to meio nostalgica. E quem diria...com saudades da fase mais punk q vivi até agora na maternidade!

    Mãe é bicho doido mesmo!

    bjks!

    ResponderExcluir
  11. essa coisa dos peitos para fins recreativos demora mesmo... eu penso assim se estes peitos nem ME pertencem mais, afinal são do bebê, que dirá o coitado do marido... mas passa, viu? e eles voltam a fazer a alegria do casal, um dia, um dia...
    bjbjbj
    carol

    ResponderExcluir
  12. Mariana,
    obrigada por dar dicas tao claras.
    Eu tô por fora deste tema. Aguardo ansiosa outras dicas praticas.
    Abraços e beijos

    ResponderExcluir
  13. Doi mesmo. E me deram a mesma dica que deram pra A. ., colocar uma folha de repolho, mas nao testei.

    Ainda bem que ja passei por essa fase, e o Goura mama tanto que eh bem raro meu peito doer de cheio.

    bj

    ResponderExcluir
  14. Gente... meu leite quando desceu de vez empedrou, mas empedrou... um horror... eu não tinha nem como ordenhar tamanha era a dor... Solução: ou entrava no antibiótico e parava de amamentar ouuuuu maridão esvaziava o peito! Melhor coisa que fizemos!! Meu marido esvaziou as minhas mamas (jogando o leite num pote) e depois o peito foi enchendo aos poucos e a minha filha conseguiu mamar. Outra dica.. ao amamentar não apertem a auréola com dois dedos, tipo um sinal matemático de menor, maior sabe?? Isso atrapalha o fluxo de leite pelos dutos mamários,dificultando a saída de leite para o bb. É como se vc tivesse tomando algo pelo canudo e alguém ficasse apertando o canudinho!!!

    ResponderExcluir
  15. Olá, adorei conhecer seu blog, vou te seguir! Estou procurando os blogs das mamães pra reunir no Recanto das Mamães Blogueiras (www.recantodasmamaesblogueiras.blogspot.com). Queremos que um dia possamos encontrar lá todos os blogs das mamães. Por que você não dá uma passadinha lá pra nos apoiar? Somos novos e precisamos de ajuda! Vou esperar você! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Dessa fase eu bem me lembro...ui...
    Também lembro dos abraços dos amigos...ui
    E do leite jorrando dos peitones assim que marido botava os olhos neles...(essa parte não é ui...mas é rárára...era muito engraçado!).
    Bj, Mari.
    Estou esperando o próximo post. Sei não, mas acho que a minha Alice vai puxar a Nina e vai ser magricelinha também!
    Dani

    ResponderExcluir
  17. Os meus seios tambem viraram pedras gigantescas quando o leite desceu, mas segundo uma especialista em amamentacao, e' porque eu deixei meu recem-nascido dormir demais em vez de amamenta-lo de duas em duas horas. Para desempedrar, ela me ensinou a fazer compressas de gelo dentro das fraldas, e tambem tive que tirar leite com a bomba enquanto o meu filho dormia. Depois desse inicio complicado, amamentei durante 1 ano, nunca tive mastite.

    ResponderExcluir
  18. Minha experiência com a amamentação foi excelente!!

    Apesar de não ter nada de bico e ter usado bico de silicone, minha filha mamou até os 8 meses quando passou a ficar em período integral na escola.

    Também usava a concha e tinha que esvaziá-la várias vezes entre as mamadas!

    Apesar de toda a quantidade de leite que tive, minha bebê era magrela, mas não chorava de fome, aliás, ela é magrela até hoje!!

    Fiquei surpresa de você dizer que tem experiências opostas na amamentação!
    Será que essa produção leiteira vai aumentar??!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. não sei se dou risada ou choro com as lembranças traumáticas.... vou aguardar o próximo post porque nessa hora eu descambei... o leite acabou e eu fiquei perdidinha e tão angustiada que nunca mais voltei a produzir.

    ResponderExcluir
  20. Mariana, li este post e o da amamentação com sonda, e adorei. Também usei a sondinha para amamentar a minha Alice, e consegui manter até os 8 meses e meio. Temos mesmo que divulgar!

    ResponderExcluir
  21. Mariana,

    Ainda hoje li a matéria do link abaixo e a sua com excelentes dicas, eu mesma fiz tudo o que recomendou em seu post e amamento até hoje, Maria Flor está com um ano e sete meses.
    Conclusão, o que a mãe tem que ter é paciência, insistência e buscar informações como as do seu blog.

    link:
    http://delas.ig.com.br/filhos/vale+a+pena+persistir+na+amamentacao/n1237767667061.html

    Obrigada mãe-blogueira

    ResponderExcluir
  22. Estou grávida de 6 meses e o que mais me preocupa é justamente a amamentação. Quanto às conchas, preciso comprá-las... quase não tenho bicos! :/

    Ótimas dicas... anoto todas!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  23. Oi Mari (super intima, espero que vc não se importe, é isso que dá quando a gente se identifica demais com os posts se sente amiga de loonga data) aguardo ansiosa o próximo post pois tambem esto vivendo dias de pouco leite com "um" Lucca magrelinho, poucos dias mais novo que o seu Lucas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Mari, valeu pela visita la' no Pedalando! Ja' recomendei a leitura do seu blog para as minhas amigas gravidas. Essencial!

    Eu também tinha leite pra dar e vender. Vaca leiteira mesmo, haha... no inicio doia bastante, nao tem jeito, mas de maneira geral nao tive problemas durante a amamentação. Foi super tranquilo.

    Alias, o Rafael so' me largou com quase 12 meses. Ou melhor, nos largamos pois foi uma decisão conjunta. :-)

    ResponderExcluir
  25. Olá Mariana, td bem ?
    Sou Joyce Müller, redatora do site e blog da grife d emosda gestante, Maria Barriga.

    Gostaríamos de estar em seus favoritos.Em troca de linkaremos também, ok ?


    Beijos,
    Joyce

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Sou nova por aqui e ainda nem sou mãe! Será que não?! Passando pela fase de esperar para ver se a menstruação vem ou não!
    Seguirei seu blog!
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Mariana adorei seu blog,pq não te descobri antes,estou te seguindo tá,e quando quiser faz uma visitinha no meu e conheça meus pimpolhos.bjusss

    ResponderExcluir
  28. Olá!!
    Estou escrevendo um artigo para a conclusão do meu curso e o tema é sobre os blogs maternos. Gostaria de saber se vc poderia ser uma volutária para responder um pequeno questionário para a minha coleta de dados.
    Se vc tiver interesse me envia um e-mail para luaugalde@gmail.com pode divulgar tbm, me ajudaria bastante!

    ResponderExcluir
  29. Oie...
    Então, os seios naturalmente enchem apos o primeiro dia do bebe, minha mãe não satisfeita, me transformou numa galinha me danto tudo que é coisa de milho pra comer, resultado... dores e mais dores com o peito extremamente cheio e empedrado. A dica é: Folha de repolho geladinha... é uma delicia, comigo funcionou...
    Bjs, e to aguardando o post sobre aumentar a produção...

    ResponderExcluir
  30. bz, além das dicas que você citou no post, acrescento uma que me ajudou bastante, pois no começo ficava com os seios encaroçados com frequência: depois de massagear a mama, coloque a mão por baixo, sustentando-a, e sacuda gentilmente para cima e para baixo algumas vezes, para facilitar a drenagem do leite.
    (essa saiu do livro "filhos - da gravidez aos 2 anos de idade", da sociedade brasileira de pediatria, que super recomendo!)
    achei que meu leite estava diminuindo depois do 3o. mês, mas o pediatra me tranquilizou, disse que é normal a "produção" se estabilizar, de acordo com a quantidade que a pequena necessita. pois ainda assim, com menos leite, de vez em quando fico encaroçada. dóóói!...
    tomara que o peso do lucas esteja ok, que seja só aquela coisa de mamma que sempre vê o filho magrela!
    bjs

    ResponderExcluir
  31. Olá, Mariana, eu de novo. Vou usar o seu desenho da sonda no blog para onde escrevo (Mães em rede, http://oglobo.globo.com/blogs/mae/), pode ser? Me animei com o seu post e decidi escrever sobre a sondinha. Pode deixar que dou o crédito ;-)

    ResponderExcluir
  32. Oi!!

    Aconteceu comigo igualzinho que nem na foto da Sophia! (excluindo a parte da cintura, claro). No terceiro dia do nascimento de Ethan eu tive um sonho de que leite esquichava do meu peito. Foi igual aqueles sonhos em que a gente se ve fazendo xixi na cama a noite e acorda com a cama molhada. Hihihi! Eu amei amamentar!!! Não tive nenhum dos problemas comuns que leio em relatos de amamentação - acho que tomar sol 15 minutinhos nos seios todos os dias e lambuzar o peito com colostro e deixar secar ajudou.

    Adoro seu blog...bjkas

    ResponderExcluir
  33. Seu bom humor, faz tudo parecer mais simples e fácil...rs
    Muito legal seu post, é isso mesmo.
    A doula que me ajudou me ensinou colocar folhas de REPOLHO (crua) para diminuir a dor, qdo eles estão muito cheios, e funcionou muito bem comigo.
    bjk

    ResponderExcluir
  34. vim deixar a dica que pra mim funcionou maravilhosamente bem, e alguém já tinha escrito- mas eu complemento:
    COloca um repolho no freezer- retira uma folha inteira, ela encaixa perfeitamente sobre qualquer tamanho de seio e alivia magnificamente o desconforto- pois é fria sem queimar a pele.

    ResponderExcluir
  35. Só digo pra vcs pensarem no que acontece com as pobres, como eu, que já foram dormir Sophia Lauren... Deu pra imaginar o tamanho, literalmente, do problema?!
    Hahaha!!
    Beijos!
    Riti.

    ResponderExcluir
  36. Eu cheguei a colocar fraldas umidas no congelador para fazer compressinhas nos peitos nesta fase. Aliviou bastante.
    bjocas

    ResponderExcluir
  37. Adoroo seus posts..E tive uma grande idéia que me será útil no futuro..Escrever essas dicas e as minhas e guardar, daí quando eu tiver outro filho, não sofrerei taaaanto quando sofri no começo da amamentação do Guilherme...Bjs..

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails