terça-feira, 26 de março de 2013

:: Aula de teologia, por Alice


- Mãe, deus existe?
- Err, humm, cof-cof. Tem gente que acredita que sim, gente que acredita que não, gente que não sabe. Tem gente que acredita em vários deuses, um para cada coisa! Existem várias religiões e...
- O que é religião?
- Religião é um conjunto de crenças que...
- O que é crença?

...E assim a conversa seguiu, ad infinitum - o que é santo?, o que é anjo?, deus morre?, etc etc, até que...

- Eu acho que deus existe, mãe.
- É, filha?
- É. Porque pensa... os bebês. De onde eles vêm. 

(Mãe suando frio, quem nunca?)

- Os bebês vêm da sementinha, né? A sementinha que corre, aposta corrida. (Quem disse isso pra ela, gente?) MAS SEMENTE NÃO CORRE, mãe. Então é deus que faz isso, ué. Eu acho.

Se ela acha, então tá, né? ;)

(o Deus do Laerte - na dúvida, esse ainda é o meu favorito!)

15 comentários:

  1. genial a conversa!
    Alice tá muito esperta!

    ResponderExcluir
  2. Coisa mais linda a lógica inocente das crianças... Muito esperta essa menina!

    ResponderExcluir
  3. Excelente! Sou agnóstica e tenho a mesma dificuldade para explicar essas coisas sem ser tendenciosa. Mas as conclusões dela foram ótimas!

    ResponderExcluir
  4. pra vc ver, mari, tem gente que acredita, e tem gente que nao! simples assim!

    ResponderExcluir
  5. Desde que li um post seu dizendo que nao acredita em Deus eu espero esse post! hahahahaha. Que sacanagem... Mas olha, nao esperava por mal nao, nem pra te ver em situação dificil, vc sabe que sou muito fã tua. Mas queria ver tu rebolando (ou nao) pra responder esse tipo de coisa. Se saiu bem, acho legal vc nao forçar nada, admiro isso. Eu não, como eu acredito fico falando nele pra ver se cola. E olha que a minha pequena nao consegue entender o conceito geral,parece que a criança autista a principio não consegue ver além do concreto. Como ele pode ver se tá longe, onde ele mora, se ele nao vê nao vai ficar bravo, e essas coisas. Crianças: adoraveis seres com objetivo de nos fazer sempre revisitar nossas certezas. bj.

    ResponderExcluir
  6. Alice <3 <3 >3!!!E matheo esses dias pra mim: "mãe, jesus cristo é um zumbi?" mandei ele perguntar pro mãe, lógico rs
    beijo querida

    ResponderExcluir
  7. "Fico falando pra ver se cola?"

    Nossa! o.O


    Demorou pra postar tava com saudades já!

    ResponderExcluir
  8. Meu filho mais velho é um filósofo e tanto. Uma vez, ele me perguntou:
    - Quando eu morrer, vou ver Deus?
    - Acho que sim, filho.
    - Tenho muitas perguntas a fazer para Ele.
    - Qual, por exemplo?
    - Quero perguntar a Ele como era tudo antes de Ele criar tudo.
    O_o
    Adorei o post!
    Twittei esta frase da Nanci: "Crianças: adoráveis seres com objetivo de nos fazer sempre revisitar nossas certezas."
    Beijos,
    Marusia

    ResponderExcluir
  9. Muito fofa essa Alice!
    Esse dia também vai chegar pra mim e quero só ver como vou me sair... rsrs

    Ps: O deus do Um Sábado Qualquer também é muito legal! ;-)
    www.umsabadoqualquer.com.br

    Beijocas

    ResponderExcluir
  10. Ops, corrigindo: www.umsabadoqualquer.com

    ResponderExcluir
  11. Pois é Alice, a sementinha daqui não corre MESMO, só Deus na causa :)))

    Adoro essas peraltices de criança! Qndo eu estava grávida, e contamos para Aline (minha afilhada, na época com um ano e pouco) eu tinha um bebê em mim, eu perguntei, "aonde o bebê está?!" e ela apontou pra mim Dona Benta!!! Depois fiquei me perguntando como ela atribuiu o bebê a Dona Benta e a ficha caiu: o vídeo do parto dela!!!

    São como esponjas, absorvem um pouco dali, um tico daqui e PRONTO, filosofia feita!

    ResponderExcluir
  12. Que coisa mais fofa! Alice genial!

    ResponderExcluir
  13. Que linda! Acho muito bacana quando a criança tem liberdade para descobrir no que acredita, fui criada assim e acredito muito nisso :)

    ResponderExcluir
  14. Essa conversa também já rolou por aqui.
    Encontrei esse livro O queé Deus?, de Etan Boritzer (http://livraria.folha.com.br/catalogo/1144812/o-que-e-deus) e foi muito fofo, no meio do livro ouvir meu filho, na época com uns 3 anos dizendo: "mãe, deus sou eu, deus é você, deus é a nossa gatinha..."
    O legal é que o livro não diz isso assim, ao pé da letra, foi dedução dele.
    Eu acho que eles (os filhos) muitas vezes sabem explicar as coisas bem melhor que nós (as mães engasgadas). :o)

    ResponderExcluir
  15. Crianças e suas dúvidas e porque.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails