quinta-feira, 15 de abril de 2010

Denúncia! Escândalo! Procon djá!


(Serei sensacionalista e fugirei do tema do blog, posso?)


Aí eu resolvo que é hora de enfrentar o frizz. Basta! A nuvem de elétrons que paira sobre a minha cabeça pre-ci-sa ir embora!

Fui na farmácia e gastei uns 10 contos num anti frizz da Seda. Um certo "Serum para pentear", da caixinha azul, que me vendeu a promessa de look natural, controle de frizz e brilho instantâneo, e ainda disse que "poucas gotas fazem muita diferença". Uau!

De posse da caixinha, fui toda contentona testar o bichinho. Tirei o frasquinho e fui ler as letras miúdas - porque eu sou caxias e sigo direitinho o modo de usar, faço questão.

Algo me chamou a atenção de cara: havia um asterisco junto ao termo "anti frizz". Oh-oh, alerta vermelho! Um asterisco nunca carrega boas notícias, especialmente se você precisa procurar muito a ressalva que ele traz.

Lá nos fundilhos do frasquinho, ei-lo:


*reduz o frizz do cabelo se comparado com shampoo sem agente condicionante


Ah tá, deixa ver se eu entendi: se eu lavar o cabelo com, sei lá, sabão de coco, e depois usar o serum, meu cabelo vai ter menos frizz do que se eu apenas lavar com sabão de coco? É isso, Seda?

COMO ASSIM, CARALHO???

Qual é a chance de alguém que vai na farmácia para comprar frescurites capilares usar sabão de coco ou coisa que o valha na cabeça, me diz? E fora isso - porque no fundo eu nem sei direito o que é o tal agente condicionante e espero sinceramente que tenha entendido mal a parada toda -, fora isso o mais grave é: por que diabos essa informação não estava DO LADO DE FORA, na caixinha, pro consumidor poder ler sobre as limitações ANTES de comprar a porra do produto? 

Hein, seus espertalhões? 

Mas não, só lê quem abre a caixa - e só abre a caixa quem compra, certo? Então só posso concluir que a Seda é sacana pra cacete e está cagando quilos pro consumidor.

Ai como eu fico puta com essas coisas. 

EU FICO PUTA! 

(Dá nem vontade de contar que o cheiro é uma delícia e que meu cabelo - uso de agentes condicionantes à parte - ficou divino.)


Pronto, só queria dividir com vocês minha raiva por ser feita de palhaça. 

Pelo ombro amigo, obrigada.

18 comentários:

  1. Mariana, vc tem minha solidariedade, porque sacanear com a nossa intenção de acabar com o frizz é o fim da picada!
    Bom alerta, tomara que algupem ligado a Seda leia isso e venha por aqui se explicar!

    Só uma coisinha, eu comprei um treco da Avon que vi em algum blog de beleza por aí que me ajudou com o frizz. É uma capsula de brilho da Advance Techniques... Cada cabelo dá certo com uma coisa, né? Mas vai que esse funciona com vc tb!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Fafavor, né ô pessoal da Seda!

    Ora, estragando o dia da nossa amiga Mari com asterisquinhos-má-notícia e produtos que não desfrizzam!!?

    Da próxima vez vê se Joga limpo, dona seda, e escreve na frente da caixa -
    "é anti-frizz mas não desfrizza mais que qualquer condicionador de 1 conto"
    E tem que ser em letra GRANDE.
    Humpf.

    ResponderExcluir
  3. hahahahaha.. empresto o ombro numa boa. hahahahaha.. principalmente quando é pra sorrir! :P

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. até brava desse jeito seus post são engraçadissimos

    ResponderExcluir
  5. Olha, tremenda sujeira mesmo. Se fosse por aqui eu falaria pra vc ir la na farmacia, fazer um escandalo, jogar o produto no balcao, rodar a bahiana...
    ta, ta, talvez menos, mas eu tb odeio ser feita de consumidor babaca.
    Seu melhor protesto eh o humor, acho que a seda deveria botar seu post na home page, vc eh impagavel!

    Beijinhos sedosos,
    Keiko

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari

    Bom, talvez sua raiva possa ficar menor.
    Eu sou advogada - quase, me formei já, mas estamos esperando a OAB - e trabalho numa ONG de defesa dos direitos dos consumidores e sempre que nos deparamos com algo assim tomamos alguma ação, como envio de ofício ao MP para que a empresa seja condenada a regularizar a situação ou entramos com uma representação no CONAR - Conselho de Autorregulamentação Publicitária (sim, rótulo é publicidade).
    Não posso garantir que de fato faremos algo a respeito porque há que ser uma decisão da equipe, mas se você puder me mandar para o meu e-mail o nome certinho do produto eu tentarei encaminhar.
    Meu e-mail você já tem porque trocamos umas msgs, mas mandarei de novo para o seu e-mail.
    Beijo e obrigada por divulgar! Os consumidores e as consumidoras brasileiras estão cada vez mais conscientes e sem aceitar a falta de comprometimento das empresas!
    Isabela

    ResponderExcluir
  7. Hahahaha! Sinceramente, não entendi o que esse asterisco quis dizer. O importante é o treco funcionar, né?
    E já que o assunto é frizz, aproveito pra recomendar o shampoo e o condicionador frizz control da Phytoervas, com amaranto e pequi (juro, não fede!). Não tem cloreto de sódio e não é testado em animais. E meu cabelo está o máximo!!

    ResponderExcluir
  8. Já vi que você é do meu tipo: quando resolve dar um jeito no cabelo, vai na farmácia e gasta dérreal num Seda!!! (tinha umas marcas desconhecidas, e mais baratinhas, mas você achou melhor não arriscar...)
    Comprei um igualzinho ao seu, com asterisco e tudo, e quando passo acho que já tô fazendo o máximo da vaidade capilar...
    Também fico bem puta com esse negócio do asterisco, mas o que me intriga mesmo é o seguinte: por que gastar 150 num Serum para pentear da Dior (que deve ter um nome mais chique, claro), se podemos gastar 10 no Serum da Seda? Será-que-o-Serum-da-Seda é enganação? Ou será-que-o-Serum-da-Dior é que é? OU será-que-seremos-panacas?
    beijo!

    ResponderExcluir
  9. A-DO-REI!!! Tem que reclamar mesmo. Eu sou chatíssima com essas coisas! E o que eu achei o máximo mesmo é ler que a Isabela pode tomar uma atitude através da ONG em que trabalha.

    ResponderExcluir
  10. HUAUHAHUAUHAUHAUHA'
    Eu não uso Seda, graças a Deus.
    Minha cabelereira disse que a química que eles usam deixam o resultado prometido por alguns dias, talvez meses, mas agridem o cabelo de tal forma que é melhor evitar.
    Uso linhas especializadas (Tenho progressiva) e não me arrependo de pagar um pouco mais caro (MUITO!) por eles. O resultado é melhor.

    ResponderExcluir
  11. Eu, graças a Deus, não sofro com a compra de produtos cosmétidos capilares.

    Descobri que minha auto-estima funciona proporcionalmente inversa ao tamanho do meu cabelo, e passei a maquininha!! Auto-estima está nas alturas!!

    Não gasto nem com anti-frizz, nem com escova, nem chapinha, nem cabeleireiro, nem progressiva, nem condicionador... só com shampoo, que vai durar mto tempo!

    Mas... voltando ao asterisco.
    To na torcida pra Isabela conseguir fazer alguma coisa! Odeio quando menosprezam a nossa inteligência desse jeito!!

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga! Sigo seu blog e gosto muito! Passa lá no meu, SIGA e COMENTE para aumentarmos ainda mais o vínculos entre as mães blogueiras!!!
    www.dilemasdeumamaesemmanual.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Querida, passa lah no blog porque tem um selinho pra vc! E nao eh propaganda enganosa!!!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. E eu que comprei um creme de rosto da Nívea, daquelas moçoilas que ficam dentro da farmácia fazendo propaganda e quando cheguei e casa constatei que ela tinha me vendido um creme pra mulheres entre 45 e 55?!?

    ResponderExcluir
  15. hahaha, adorei! eu também fico P da vida com esssas coisas. To chegando aqui pela primeira vez, vou ler os posts com calma!
    beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Voce tem toda razão, eles prometem mundos e fundos, so depois de usar é que podemos falar se é bom. Porque o que eles escrevem lá é pelo famoso ditado, "propaganda é a alma do negócio.
    Que Deus te proteja e abençoe grandemente.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails